Onze criminosos são inseridos no 'Baralho do Crime' da Bahia
09/11/2018 09:06 em Policial

Homicídio, latrocínio e tráfico de droga foram os crimes cometidos pelos 11 novos criminosos que integram, a partir desta segunda-feira (5), o 'Baralho do Crime', da Secretaria da Segurança Pública. Sete deles são procurados por Crimes Violentos Letais Intencionais – homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte – e as atualizações ocorreram nos naipes Copas, Espadas e Paus.

Ramon Oliveira Cruz, o 'Coroa', se tornou o novo 'Ás de Paus'. Nascido em Mundo Novo, região da Chapada Diamantina, Coroa é procurado por homicídio e remove Joel Cardoso dos Santos, conhecido também como 'Coroa' ou 'Chefe'.

Claudia de Jesus Santos, a 'Gagai', que comercializa drogas em Feira de Santana, é agora a 'Dois de Paus', no lugar de José Nílton Ramos dos Santos Júnior, o 'Esquerdinha'. Ela é a terceira mulher – as outras duas são as traficantes Jasiane Silva Teixeira, a 'Dona Maria', e Marisângela Soares de Sousa – do baralho.

Segunda maior carta a sofrer mudança, o 'Rei de Espadas' agora é Edson Valdir Souza Silva, o 'Valdir do Sem Terra', natural de Itapetinga e procurado por homicídio e tráfico de drogas. Substitui William dos Santos, o 'Choquito', capturado na última semana, em Eunápolis.

Os latrocidas Leonardo Vitoria dos Santos Gomes, o 'Leo Pastel', e Raimundo Correia Assunção são, respectivamente, os novos 'Seis' e 'Cinco de Espadas'. Ambos procedem do interior do estado: Leo Pastel atua em Feira Santana e Raimundo em Senhor do Bonfim. Vagney dos Santos Aquino, conhecido como 'Vaguinho', foragido de Conceição do Jacuípe, entrou no baralho como o 'Quatro de Espadas', diante da saída de Marcos Santos Rosa.

Eduardo Jesus Evangelista, 'Dudu' ou 'Dinho', também latrocida, aparece como 'Valete de Copas', carta ilustrada anteriormente por Joanderson Brito de Jesus, o 'Nego Jó'. O 'Nove de Copas' expõe o rosto de Nailton Almeida dos Santos, autor de homicídio qualificado em Candeias, Região Metropolitana de Salvador.

O 'Oito', o 'Dois' e o 'Cinco de Copas' atualmente apresentam os traficantes Ramon dos Reis de Jesus, Lucivaldo de Jesus da Silva, o 'Pempa', e Evanildo da Silva Santos, apelidado de 'Buru'. Os três são do interior, os dois primeiros de Feira de Santana e o último de Senhor do Bonfim.

A ferramenta lúdica do 'Baralho do Crime' foi criada em 2011, com o objetivo de apresentar os criminosos mais perigosos do estado e estimular a população a ajudar a polícia na captura. Denúncias podem ser feitas, de forma sigilosa, através dos telefones 3235-0000 (para a capital) e 181 (para o interior).








COMENTÁRIOS