Poço Grande em Araci e Jacurici em Itiúba estão entre as 26 barragens que serão recuperadas
09/02/2019 09:37 em Natureza

Depois de uma reunião na última quarta-feira (06), onde estavam o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), José Múcio, e a diretora-presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Christianne Dias, além de titulares do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) e da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, ficou definido a recuperação de 139 barragens de água de todo o pais, dentre elas o Açude Poço Grande, em Araci e Jacurici, em Itiúba, municípios localizados no território do sisal.

 

Também estão definidas as que serão recuperadas pelo governo federal as barragens localizadas nos municípios de Mirorós, São Desidério, Paramirim, Macaúbas, Jacobina, Anagé, Adustina, Poções, Brumado e Tremedal. “Os custos para implementar as ações de reabilitação das 26 estruturas somam R$ 27,76 milhões”, informa a Assessoria de Comunicação do MDR,

 

As obras serão realizadas nos estados do: Ceará (31), Pernambuco (26), Bahia (26), Minas Gerais (15), Rio Grande do Sul (10), Rio Grande do Norte (7), Piauí (5), Santa Catarina (4), Paraíba (4), Alagoas (4), Maranhão (3), Rio de Janeiro (2), Sergipe (1) e Paraná (1).

 

Após a reunião, o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto destacou: “Estamos agindo para que os cuidados com barragens no País sejam concretos. A segurança da população é uma prioridade em quaisquer circunstâncias”. O ministro Gustavo Canuto explicou que, inicialmente, há R$ 50 milhões disponíveis na rubrica orçamentária do Ministério para as intervenções.

 

“Vamos usar o recurso existente e, o quanto antes, buscar o valor adicional necessário para executar o plano em sua totalidade”, ressaltou.

Fonte: Calila Notícias

COMENTÁRIOS